XÔ PORCARIA: NOVA RODÔ DEVE SAIR DO PAPEL EM 2017

Licitação da Prefeitura pode dar basta no grande desmazelo que é a rodoviária de Mogi Guaçu, um dos nossos piores cartões de visitas e porta de entrada da cidade.

O xô porcaria pode acabar em 2017.

Isto porque o prefeito Wartão Caveanha (PTB) mandou projeto de lei para a Câmara, aprovado por unanimidade, que autoriza, via discussão pública, que os serviços da rodoviária sejam realizados por uma empresa privada, inclusive com exploração econômica do local, que anda um Deus nos Acuda.

O local apresenta alagamentos em dias de chuvas, goteiras e falta até mesmo um simples bebedouro para quem quiser molhar a goela e matar a sede. Isso sem falar que quem quiser fazer um pipi tem que pagar, sem cheiro e nem vela.

A terceirização seria por 20 anos a partir da canetada do contrato, podendo o período ser prorrogado por outros 20 anos, totalizando 40 anos de exploração no máximo.

Pelo contrato, a nova empresa deverá reformar o imóvel e dotá-lo de conforto e segurança para passageiros, usuários diversos e comerciantes do espaço.

Se for construir uma rodô novinha em folha deverá ser perto da entrada de Mogi Guaçu, pela Rodovia SP-340, com fácil acesso por acesso por avenidas.

A rodô atual foi construída no final da década dos anos 70, no primeiro mandato do próprio Walter Caveanha. À época, a construção era tida como marco moderno da cidade que, aos poucos, foi miando para se transformar naquilo que é hoje.

OPINIÃO DO JG

Já passava da hora de fazer alguma coisa com o galinheirão que é a rodoviária guaçuana. Tomara que haja empresa interessada, mas que também exista fiscalização em cima, justamente para que a vencedora da licitação não fique 40 anos fingindo que tá cuidando do local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *