VEREADOR ZANCO DÁ INICIO AO PROJETO VIDA: “PRIORIDADE MÁXIMA AO IDOSO”

O presidente da Câmara, Luís Zanco Neto (PTC), deu início a uma atividade de grande alcance social. Trata-se do Projeto Vida, cuja prioridade máxima é o idoso.

“Visa garantir à população guaçuana com mais de 65 anos uma vida mais digna; com medidas tanto no campo prático do dia-a-dia, como também na parte de leis, em especial para que garantam aos nossos idosos o que a Constituição e o Estatuto do Idoso dão a eles por direito”, esclareceu o vereador.

Zanco tem experiência do que fala.

Ele é filho de pais idosos, sendo que sua atividade profissional, a de farmacêutico, além da parlamentar, sempre foi focada na atenção deferida aos idosos de todos os bairros de Mogi Guaçu, com destaque para a extensa Zona Sul e da Vila Paraíso.

“Agora queremos ir adiante: abranger os diversos bairros da nossa cidade e verificar as condições dos idosos no tocante à saúde, lazer, segurança familiar, transporte público e alimentação, dentre outras macro áreas”, garantiu o presidente da Câmara.

 

“É preciso valorizar, sim, o idoso com idade avançada que ainda trabalha e ajuda no sustento de filhos e netos. Mas é imperioso retirar esta aura de heroísmo e ver neles um ser humano que está no limite das forças e da sua capacidade emocional, que precisa de ajuda”, destaca.

O vereador já iniciou o levantamento das condições sociais em que os idosos guaçuanos vivem e quer priorizar as mais importantes. “Nós já sabemos que faltam lazer e entretenimento estruturados, e atividades conjugadas e interdisciplinares, por exemplo”, afirma.

Outro enfoque é o idoso que necessita de remédios e transporte público digno, bem como daqueles que são arrimo de família e que são esquecidos.

Por isso, Zanco pretende empreender o Projeto Vida em várias frentes, sendo uma volante, que vá em direção dos idosos nos bairros, além de atuar no Legislativo, em parceria com a Prefeitura, com leis e medidas que avancem na qualidade de vida a quem deveria merecer mais respeito por parte de todos.

“Com ações e medidas mais práticas, em vários setores, poderemos dar aos idosos uma atenção básica essencial. É o que vamos colocar em prática”, assinala.

Bira Mariano

Formado em Jornalismo pela Unaerp - Universidade de Ribeirão Preto, com módulos de pós-graduação em Jornalismo On Line pela Fundação Cásper Líbero. Trabalha na área desde 1995 e possui alguns sites, dentre eles o Jornalístico e o Animal e Companhia.

Seja o primeiro a comentar