VEREADOR CONFIRMA: “RECONSTRUÇÃO DA UPA FICOU MESMO NA PROMESSA”

O vereador situacionista, Rodrigo Falsetti, confirmou que a reinauguração da UPA, do Jardim Santa Marta, ficou praticamente inviabilizada devido ao descaso do Governo Michel Temer para com o município de Mogi Guaçu.

Com isto, lançOU na lama a promessa do prefeito Walter Caveanha (PTB) de entregar a unidade de pronto atendimento, simplesmente porque a promessa não poderá ser cumprida tão já.

Segundo Rodrigo Falsetti, “o governo federal diminuiu drasticamente o repasse para manter as Upas, e com isso inviabilizou a reabertura em Mogi Guaçu, pois o município não consegue arcar com o valor mensal que aumentaria para o município com esse corte do governo Federal”, explicou.

A declaração sincera de Falsetti foi feita no Facebook, contudo, não foi bem recebida no Paço Municipal, segundo apurou o JG.

Foi como um balde de água fria nas pretensões dos parlamentares governistas, e também na população, que recebeu as explicações do vereador com uma saraivada de críticas na rede social.

“Engraçado! Na hora de pedir voto não existia nada disso, mas sim que iriam fazer, né?! Espero que nesse ano mude tudo, e que a reconstrução saia do papel pelo menos metade, pois com o dinheiro que o povo paga, dá pra pagar a UPA”, postou um usuário da FB.

Preocupado com a repercussão que o imbróglio já está dando, Falsetti confirmou que a secretária de Saúde, Clara Lanzi, foi convocada pela Câmara, e que ela teria um mês para responder diversas perguntas dos vereadores.

Contudo, vale ressaltar que a Prefeitura não ficou de braços cruzados este tempo todo. Desde que um vendaval derrubou telhado e danificou a estrutura do prédio da UPA muita coisa foi feita. Agora, o que falta é bufunfa!

Conforme Rodrigo Falsetti, o prefeito Walter e sua equipe estão lutando para que o Governo Federal aumente a grana de repasse a Mogi Guaçu, e que os custos para manter aberta a UPA não caia apenas nas costas do município.

“Sabemos a falta que a Upa faz à população, e estamos cobrando o Executivo e a Secretaria de Saúde”, finalizou Falsetti.

Bira Mariano

Formado em Jornalismo pela Unaerp - Universidade de Ribeirão Preto, com módulos de pós-graduação em Jornalismo On Line pela Fundação Cásper Líbero. Trabalha na área desde 1995 e possui alguns sites, dentre eles o Jornalístico e o Animal e Companhia.

1 Comentário

  • Responder Março 20, 2018

    cleofas da silva viana

    Não entendi essa do paço Municipal não ter digerido, o Rodrigo Falsetti cumpriu seu papel de vereador que é fiscalizar o executivo e onde pairar dúvidas, questionar, ma coisa é apoiar bons projetos, os quais não foram muitos, outra é se calar e se omitir diante da dúvida e questionamento da população.
    Parabéns Rodrigo, com certeza seus eleitores e nós apoiamos sua atitude, sua trajetória política só está começando, e é você quem traçará sua conduta, amparada em preceitos éticos e morais .

    E como virou moda encaminhar perguntas, para respostas posteriores, se for audiência pública farei as perguntas a seguir, se não for solicitarei a um vereador que as faça por mim>
    1- os repasses federais continuaram a vir, onde foram aplicados e quais os valores periódicos?
    2- transformaram o PPA em UPA,isso pode ser feito? sendo que o PPA é Municipal?
    3- Se pode, e os valores não são suficientes para reativar a UPA,porque o reconstruíram para se tornar um elefante Branco?
    4- A UPA descentralizava os atendimentos e era considerado atendimento diferenciado, como fica a população da região norte pra se ter um atendimento longe e com um trasporte precário tal qual o que temos em nossa cidade?

Deixe um comentário