UNIVERSITÁRIOS DÃO INÍCIO AO CALVÁRIO PARA OBTER SUBSÍDIO DO TRANSPORTE

O calvário para conseguir o subsídio do transporte universitário começou. Os alunos que pleiteiam uma mãozinha da Prefeitura para pagar vans e empresas transportadores terão que perfazer o processo de escolha, que muitos consideram um suplício a quem deseja ser contemplado.

A Secretaria Municipal de Educação definiu os procedimentos aos universitários que estudam em outras cidades, e com isto possam se candidatar à obtenção da grana que vem em boa hora.

Dois editais com ficha de cadastro e a relação de documentos foram publicados no site da Prefeitura de Mogi Guaçu, no endereço eletrônico www.mogiguacu.sp.gov.br/educacao. Fique atento para todos os pré-requisitos necessários para enquadramento no subsídio, preenchendo todos os documentos que são pedidos.

No caso do cadastramento de novos alunos, para entrega da ficha e dos documentos é preciso comparecer entre os dias 26 de fevereiro e 16 de março, no Ceacri (Centro de Atendimento à Criança), na Rua São Paulo, 4, ao lado do Centro de Saúde, no Centro.

Já o recadastramento de estudantes que gozaram do benefício em 2017, segundo o edital publicado, será feito de 5 de fevereiro a 23 de fevereiro, também no Ceacri. O recadastramento abrange todos os universitários beneficiados em 2017, que receberam o benefício durante todo o ano. Os que tiveram o benefício indeferido ou cessado deverão realizar um novo cadastro.

A divulgação do resultado das análises será dia 16 de abril, no site da Prefeitura de Mogi Guaçu (www.mogiguacu.sp.gov.br) e no mural da Secretaria de Educação, à Avenida Bandeirantes, 945, Parque Cidade Nova.

Para manter o benefício o ano todo, o universitário precisará realizar o serviço voluntário (arrecadação de alimentos para doação) no 1º e no 2º semestres, conforme convocação da Secretaria de Promoção Social e realizar o recadastramento no mês de agosto, conforme cronograma divulgado pela Secretaria de Educação.

Bira Mariano

Formado em Jornalismo pela Unaerp - Universidade de Ribeirão Preto, com módulos de pós-graduação em Jornalismo On Line pela Fundação Cásper Líbero. Trabalha na área desde 1995 e possui alguns sites, dentre eles o Jornalístico e o Animal e Companhia.

Seja o primeiro a comentar