UNIPINHAL: ESPECIALISTA EXPLICA COMO DETECTAR CÂNCER EM CÃES E GATOS

Uma das doenças que mais preocupam tutores de cães e gatos, o câncer, foi tema de palestra no Hospital Veterinário da Unipinhal na tarde desta segunda-feira, proferida pelo professor mestre Reinaldo Garrido Palacios Júnior, da PUC de Poços de Caldas. A palestra foi intitulada ‘Oncodermatologia em Pequenos Animais’.

A palestra abriu os trabalhos da tradicional Cavesp (Ciclo de Atualização em Medicina Veterinária), que chega à XXI edição, sendo realizado pelo Centro Acadêmico Dr. ‘Elias de Assis Góis’.

A abertura oficial acontece na noite deste 26 de setembro, com a palestra “Atendimento Veterinário Gratuito: Caridade, Dever Profissional ou Negligência”, pelo professor Luís Roberto faria, da Unesp de Jaboticabal.

As atividades prosseguem com palestras e práticas até o dia 30.  O cronograma completo pode ser acessado por meio do link: http://www.unipinhal.edu.br/arquivos/semana_veterinaria_2016.pdf.

CÂNCER

Embora o conteúdo ministrado seja específico e direcionado a acadêmicos de veterinária,  Garrido Junior soube ser didático para explicar a respeito dos principais fatores que desencadeiam tumores considerados malignos, tais como a genética, o ambiente, a nutrição e aspectos individuais.

“Não é apenas um fato apenas”, afirmou. “É um conjunto de fatores que incidem para o surgimento de células cancerosas”, complementou.

O especialista citou o sol como um dos fatores mais importantes para cânceres de pele que podem se tornar invasivos por meio de metástases, em especial nos cães e gatos com pelagem rala e clara. Em cães, as raças Boxer, Rottweiller e Pit Bull são as mais propensas a terem câncer.

Garrido Junior abordou como diferenciar os diversos tipos de cânceres, dentre os quais o carcinoma (epitelial), sarcoma (músculos), linfoma (linfonodos) e mastocitoma (relacional aos mastócistos, um tipo de célula de defesa do organismo). Também comentou sobre neoplasias diversas, melanomas e outras formas de câncer em cães e gatos.

A respeito de câncer de pele (oncodermato), Reinaldo Garrido confirmou que respondem por 80% das dermatopatias verificadas em clínica, sendo o percentual relacionado aos problemas oncológicos estritos.

Os tratamentos são conservadores, com quimioterapia, cirurgia (com casos de amputação de membro) e terapia de suporte. O diagnostico precoce é fundamental para o sucesso do tratamento, cujo prognóstico para determinados tipos de câncer é reservado.

Exames clínicos, de sangue, raio x, ultrassom e especialmente histopatológicos fecham o diagnóstico da doença e o TNM do tumor, isto o Tamanho, o Número (quantidade) e se há Metástase da célula.

O especialista ressaltou ainda para prestar atenção em endemas (inchaço, especialmente dos membros pélvicos – a parte de trás dos animais); pruridos que não cessam, alergias de pele diferenciadas e duradoras, nódulos, feridas ulcerosas, pequenas verrugas características, dentre outros sinais clínicos.

Vale lembrar que as palestras têm investimento de R$ 80,00 para alunos e R$ 90,00 para profissionais e o público externo. O evento é aberto a todos.

A Unipinhal ainda está com Vestibular 2017 com inscrições abertas. As provas acontecem no dia 9 de outubro.

São 15 cursos em nível superior nas áreas de humanas, exatas, biológicas/saúde e ciências agrárias, além de 1 curso em nível tecnológico.

Para saber mais e se inscrever para o Vestibular da Unipinhal acesse o site:
http://vestibular.unipinhal.edu.br/cursos.aspx

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *