SOFÁ VAI PARAR NO RIO MOGI GUAÇU

Não bastassem a sujeira e o pouco caso dos governos municipal e estadual, de várias e várias gestões, em relação à poluição e o esgoto, o Rio Mogi Guaçu também tem que ser valente para defrontar a sanha dos sem noção.

O coletivo ambiental Sentinelas do Rio Mogi Guaçu flagrou um sofá de três lugares próximo da ponte da International Paper. E o inusitado foi parar no Facebook, com críticas fervorosas de muitas pessoas indignadas com a falta de respeito para com o rio que dá o nome ao maior município da Baixa Mogiana.

O coletivo deve mudar de nome e iniciar um blog em breve, com destaque à pauta ambiental e, claro, à preservação do Rio Mogi Guaçu.

Bira Mariano

Formado em Jornalismo pela Unaerp - Universidade de Ribeirão Preto, com módulos de pós-graduação em Jornalismo On Line pela Fundação Cásper Líbero. Trabalha na área desde 1995 e possui alguns sites, dentre eles o Jornalístico e o Animal e Companhia.

1 Comentário

  • Responder junho 18, 2014

    CLEOFAS

    Mudar de nome nada Bira, nasceu assim assim vai ficar, não mudaremos en nome nem rumo, futuramente uma ONG ou OSCIP vá lá, não somos como esses políticos que mudam de partido como se muda de roupa, nosso objetivo é fixo, tentar fazer algo e divulgar o descasocom o nosso rio

Deixe um comentário