RAPAZ É SEQUESTRADO, ESPANCADO E ESTUPRADO APÓS SAIR DE BAR

B.D. sofreu um suposto crime de gênero na madrugada do último dia 27 de outubro. Apuração da reportagem, com base em relatos, confirma que o rapaz de 18 anos foi sequestrado, amordaçado e estuprado por dois homens em uma residência do Guaçuano.
 
Os comparsas usaram um revólver para obrigar B.D, que é deficiente da fala, a fazer sexo sem consentimento. Após a bizarrice, a vítima foi jogada em um barranco aos frangalhos, sendo encontrada por populares que prestaram o socorro devido. O rapaz não teria querido atendimento

O crime começou a ser desenhado em um bar na região dos Ypês. Por volta de duas da madrugada, B. solicitou carona de um conhecido seu, mas este desviou da rota normal e tomou sentido à residência dos fatos.

No local, outro homem já aguardava o companheiro e mediante agressões retiraram a roupa do rapaz e o violentaram com força, sendo que ambos os comparsas revezavam-se no estupro macabro.

A violência sexual aconteceria com a arma de fogo contra a cabeça da vítima.

Há suspeitas de que a homofobia teria sido a principal motivação que levou a dupla a cometer o estupro. 

FOTO: internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *