PREFEITURA E ROTA DAS BANDEIRAS INAUGURAM PROJETO DE INCLUSÃO DIGITAL

Foi inaugurado nesta sexta-feira, dia 28, o programa de inclusão digital “Caia na Rede”, de iniciativa da empresa Rota das Bandeiras, implantado em Mogi Guaçu, em cinco núcleos, através de convênio com a Prefeitura. 

O ato inaugural foi realizado no período da manhã no CRAS Norte (Centro de Referência em Assistência Social), no Jardim Ypê I, pelo gestor de Responsabilidade Social da Rota das Bandeiras, Diogo Pires, e o prefeito Walter Caveanha.

Além do CRAS Norte, o projeto mantém outros quatro núcleos na Associação São Francisco de Assis, no Centro Comunitário do Jardim Santa Terezinha, na Praça da Juventude “Luiz Mesquita Fialho” e no Distrito de Martinho Prado Júnior.

Os núcleos consistem de salas equipadas com nove computadores em cada uma, oito deles para uso pela comunidade e um para o professor de cada sala.

A Rota das Bandeiras custeou a montagem das salas e a aquisição dos computadores. A Prefeitura mantém os cinco instrutores através de convênio com o Casmoçu (Centro de Ação Social de Mogi Guaçu).

Diogo Pires destacou que a importância da informática e a facilidade de comunicação à distância que proporciona às pessoas contribuíram para a expansão do projeto “Caia na Rede”, implantado originalmente na Bahia.

Nilza Tenório Aparecida Santos Depieri falou pelos usuários do programa, reconhecendo sua importância como instrumento de integração social.

O prefeito Walter Caveanha enfatizou que o acesso à informática através da inclusão digital proporciona às comunidades menos favorecidas um instrumento de trabalho e de vida social. “Uma cidade se desenvolve quando seu povo se desenvolve”, afirmou.

O prefeito foi homenageado pela direção da Rota das Bandeiras através de uma placa entregue por Marcela Rezende, coordenadora de Responsabilidade Social da concessionária.

Segundo a secretária de Promoção Social, Mariana Martini, o projeto “Caia na Rede” atende mensalmente 230 alunos, entre crianças, jovens e idosos, com 40 horas de inclusão digital e a Secretaria de Promoção Social complementará a carga horária do programa com mais 80 horas de informática básica. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *