PRAÇA DA BÍBLIA VIRA RESORT DE MORADOR DE RUA

Não é de hoje que a Praça da Bíblia, localizada bem pertinho da Prefeitura, fica apinhada de mendigos, moradores de rua, alcoolistas e usuários de drogas. A situação de uma semana para cá, porém, ficou insuportável para muitos comerciantes dos arredores, que agora chamam a atenção para o estado das coisas e clamam por ações concretas por parte do poder público.

“Virou um resort de mendigos”, tascou uma dona de estabelecimento comercial vizinha à Praça. “Daqui a pouco, vão pôr guarda sol e ficar por ali para sempre”, emendou outro comerciante. “A vista da praça, hoje, é a pior possível”, comentou, por sua vez, um trabalhador de posto de combustível próximo.

Também chama a atenção a quantidade de corotinhos de pinga espalhados pelo chão. É que os moradores de rua lançam mão da bebida para enfrentar as noites frias do inverno.

Todos dormem de dois em dois para se esquentarem entre si. Os cobertores são finos e o chão de terra batida, que não é tão duro quanto o de cimento, nem frio igual, dá certa sensação de aconchego.

O JG encaminhou à Secretaria de Comunicação um e-mail a respeito de possíveis ações da Promoção Social em favor dos mendigos mencionados, mas não recebeu a resposta ainda. Assim que receber, vai publicá-las na íntegra.

Porém, vale lembrar que a Secretaria de Promoção da Prefeitura realiza atividades em favor deste tipo de público nos CREAS e na Casa da Acolhida; contudo a demanda é sempre crescente e boa parte de pessoas é de fora do Guaçu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *