OS SÓSIAS DO GUAÇU DÃO O QUE FALAR

Quem nunca se deparou com pessoas que se assemelham com famosos da televisão, da música, do esporte, política, arte e espetáculo? Basta prestar atenção pelas ruas e rodas de amigos pela cidade para ver que não é tão difícil assim encontrar com sósias do showbiz.

Aliás, vale a explicação de que o termo sósia é para quem ganha uma grana por ser parecido com os tais da famosidade.  É um ofício. Não é o caso dos nossos entrevistados, mas todos se sentem mais ou menos orgulhosos por se parecerem com quem faz parte do mundo das estrelas.

A empreendedora Claudia Maria, da loja Sales Presentes, não acha que se pareça com a cantora Katia, como alguns falam e que ficou famosa nos anos 80 cantando o melô Qualquer Jeito (Não Está Sendo Fácil).

“Nunca me vi parecida com a Kátia, uma pessoa simpática e de alma maravilhosa; mas muitos diziam que eu tinha traços era da Elba Ramalho”, comentou a sempre boa praça comerciante. “Sinto um lisonjeio com estas comparações”, afirma.

Carlos Biachi é um treinador de futebol argentino de muito sucesso. Recebeu a alcunha de Mr. Libertadores por ganhar por quatro vezes a Copa Libertadores da América. Foi também três vezes campeão mundial (e uma vez vice) e ainda por cima eleito o melhor treinador do mundo por outras duas vezes.

No Guaçu, o seu ‘sósia’ é o desportista Antonio Massari Sobrinho, funcionário público que se acostumou a ser comparado fisionomicamente com o treineiro hermano.
“Sinto-me satisfação por dizerem que me pareço com o Bianchi, mas, sinceramente, não me vejo assim”, explica. “É bacana que alguns me vejam desta forma, a comparação é mais do que positiva”, disse.

O eterno Rei do Mimo, Jackson do Pandeiro, tem em Itapira quem lhe pareça. É o aposentado Misael dos Santos, de 87 anos, que não vê nenhuma semelhança sua com o grande músico popular brasileiro.

“Na minha opinião, eu tenho um quê de Reginaldo Rossi, como várias pessoas já me disseram”, alertou o simpático vovô do Lote.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *