MULHERES SÃO OS DIFERENCIAIS NAS ELEIÇÕES 2014

O discurso de defesa da família, da mãe matriarca e da sensibilidade feminina são apenas esteriótipos do machismo que resumem a mulher em determinado espectro de atuação e a deixam lá. Mas a participação da mulher no campo político vai muito além.

Todos os atributos acima são verdades, com certeza. As mulheres pensam na família, são de fato sensíveis e suas metas-preocupações superam a percepção masculina, esta estritamente vertical.

Contudo, vale lembrar que as mulheres são excelentes opções de voto porque fazem uma política mais honesta e compatível às reivindicações atuais da sociedade brasileira como um todo, e guaçuana em específico.

Há tempos que as mulheres afirmaram-se no mercado de trabalho.

Hoje são a força produtiva mais capacitada que existe. Mulheres estudam mais, e consequentemente são mais proativas, mais concisas e mais objetivas – e mais dedicada ao que  fazem. É uma verdade inconteste.

A política precisa de pessoas assim. Não apenas porque estudaram, mas especialmente porque entendem a política não como um jogo, como uma demonstração de simples força. Mas como participação social inclusiva.

“Quando optei entrar na política foi para poder fazer algo diferente, algo que pudesse transformar a sociedade para melhor, com propostas que de fato contribuíssem para que todas as pessoas melhorassem o padrão de vida”, comentou a servidora e cabeleireira Açucena Ferraz Bizarria, candidata a deputada estadual pelo Solidariedade.

Segundo Açucena, não bastou apenas participar como correligionária. “Pus meu nome à disposição dos eleitores como forma de contraponto à política absolutista, e creio que esta postura pode estimular mais e mais mulheres a ingressarem na política para melhorar o padrão de disputa e de propostas”, afirmou.

Além de Açucena, concorrem nesta eleição mulheres guaçuanas de força e coragem como Lilli Barbosa, do PRB, e a bispa Marinês Campos, do PMDB, ambas candidatas a deputadas federais.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *