MOMENTO PET: REAÇÕES DE VACINAS EM CÃES E GATOS

Todos nós sabemos e reconhecemos a importância das vacinas no controle epidemiológicos de inúmeras doenças tanto no homem como nos animais.

Dentre as principais doenças dos cães, destacamos a Raiva, Cinomose, Parvoviose, Coronavirose, Hepatite entre outras. Já nos gatos destacamos as doenças do Complexo Respiratório Felino.

Assim a recomendação é que todos os cães e gatos sejam vacinados anualmente contra as principais doenças. Dependendo do grau de exposição e contato com roedores (ratos), também recebem indicação de vacinação semestral contra Leptospirose e se tiver contato direto com outros cães, ficar de hotel ou frequentar muito banho e tosa, podem receber a vacina contra Gripe dos Canis (Bordetella).

A grande maioria dos animais pode apresentar dor local e algumas vezes uma pequena febre decorrente da aplicação dessas vacinas. Outros animais (uma porcentagem muito pequena) podem apresentar reações alérgicas que variam no grau de intensidade e de gravidade.

É o que chamamos de REAÇÃO ANAFILÁTICA OU ANAFILACTÓIDE.  Saiba mais aqui: http://petcare.com.br/blog/reacao-alergica-em-animais/

Para esses animais devemos reconsiderar a necessidade e indicação de fazer a vacinação anual. Devemos levar em conta o risco de contrair essas doenças e o grau de exposição a esses vírus. Muitas vezes o risco de contrair a doença é muito pequeno e por isso não devemos correr o risco de vacinar esses animais com vacinas polivalentes (V8 e V10).Devemos lembrar que a vacinação da Raiva é obrigatória e deve ser realizada todo ano para todos cães e gatos.

Se ainda assim o seu veterinário decidir vacinar esse animal “alérgico”, alguns cuidados devem ser tomados:

– Fazer a vacinação pela manhã e nunca no final de semana. Normalmente a reação ocorre entre 5 minutos e 6 horas pós vacinação. Assim, fazendo a vacina pela manhã, caso algo aconteça você tem como entrar em contato com o seu veterinário (o consultório ainda estará aberto e o seu animal poderá ser medicado).

– O seu veterinário deverá prescrever medicação preventiva por via oral 3 a 4 dias antes da vacina.

– No dia da vacina o seu animal deverá receber medicação injetável 10 minutos antes da vacina para prevenir a reação anafilática.

– Evitar a aplicação de vacinas polivalentes.

– Não fazer todas as vacinas no mesmo dia.

– Deixar o seu animal em observação por pelo menos 6 horas depois das vacinas.

Reforçamos que somente uma porcentagem muito pequena dos cães e gatos apresentam esse tipo de reação e por isso o procedimento da Vacinação é um ato seguro e realizado sem riscos na grande maioria dos animais domésticos.

O controle da Raiva (doença fatal para animais e para o homem) depende das campanhas de vacinação anual, assim como o controle da cinomose e outras viroses.

FONTE: http://petcare.com.br/blog/reacoes-vacinais-em-caes-e-gatos/

 

Bira Mariano

Formado em Jornalismo pela Unaerp - Universidade de Ribeirão Preto, com módulos de pós-graduação em Jornalismo On Line pela Fundação Cásper Líbero. Trabalha na área desde 1995 e possui alguns sites, dentre eles o Jornalístico e o Animal e Companhia.

Seja o primeiro a comentar