MARÇAL PROMETE POR O SINDICATO NOS TRILHOS DE NOVO. ELEIÇÃO DIAS 22 E 23/10

O vice-prefeito Marçal Georges Damião, um dos mais importantes sindicalistas da Baixa Mogiana, assume a campanha a presidente do Sindicato dos Metalúrgicos com o lema que leva em conta a União, o Trabalho e a Participação da classe trabalhadora.

A perspectiva é de reconstrução do sindicato, esfacelado após a aventura empreendida pelo então funcionário da Mahle, Português, gerando dissabores, desgostos, descontentamentos e desembocando em uma presidência de fora da cidade, igual à cabeça de bacalhau: ninguém viu e ninguém vê!
 
Desde a chegada da CUT ao poder, o sindicato se esfacelou e entrou numa espiral de decadência. O clube da entidade virou um Deus dará e agora é preciso recuperar o tempo perdido.
 
As eleições acontecem nos dias 22 e 23 de outubro, e o concorrente de Marçal é o também sindicalista José Roberto, mas ele pode ter a candidatura impugnada.

Vale lembrar que as eleições só aconteceriam em 2018, mas ninguém aguentaria chegar até lá com tantas mazelas, de acordo com o que tem falado muita gente do chão de fábrica. Por isso, o pleito foi antecipado pensando principalmente na família metalúrgica.

Marçal compôs com a parte boa da atual diretoria, expurgando quem nunca teve noção do sindicalismo guaçuano. Com a CUT, as perdas da categoria foram enormes e muitos dizem que se o arrependimento matasse, não teriam se aventurado com o Português.

“O que a gente deseja é por o sindicato de  novo nos trilhos e lutar pela categoria. A partir de agora é União, Trabalho e Participação”, comentou Marçal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *