MARÇAL PREFEITO É PROJETO DE 12 ANOS

O vice-prefeito Marçal Georges Damião pode ser candidato a prefeito pelo PMDB. É uma possibilidade mais do que viável.

É também um projeto possa ter nascido há quase 12 anos e poderia ter maturado em 2012, porém, sua lealdade ao grupo que exigia mudanças e união por Mogi Guaçu o fez declinar de vontades pessoais.  E permaneceu como vice.

Agora, poderá ser a sua vez; caso fatores que preponderam na política se conjuminem em torno de seu nome.

Grupo político Marçal possui.É grande e forte.

Juntam-se outras ponderáveis, qual o seu retorno ao Sindicato dos Metalúrgicos como questão de dias e, claro, de recursos jurídicos cada vez mais reais de se tornarem concretos.

O próprio PMDB, que se aventurou em apoiar uma candidatura pífia de uma pastora à deputada estadual – à revelia do diretório municipal –  tem se postado favorável à candidatura própria e já contaria  com o apoio dos bam-bam-bans da Executiva estadual.

Assim sendo, embora o próprio Marçal não se poste como candidato a prefeito – diga-se isto, mantendo-se unido e fiel ao prefeito Walter; há que se dar crédito aos rumores, enfim, pois que Mogi Guaçu precisa também de representantes ligados ao povo trabalhador, como o é o próprio vice-prefeito.

Vale lembrar ainda que, como diretor do Cegep, Marçal faz muito mais do que se fora realizado anteriormente, a despeito de gestões anteriores terem feito bons trabalhos.

Na escola técnica, o número de alunos aumentou e convênios com grandes empresas preponderam, possibilitando abrir portas para uma juventude que cresce sequiosa de mostrar seu valor e talento.

É o que apostam as fichas acerca do vice-prefeito guaçuano. Quem viver, verá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *