MAJOR MELLO MANDA RECADO PRA BANDIDAGEM: “PROCURAREM EMPREGO, SENÃO IRÃO PRO XILINDRÓ”

O novo coordenador operacional do 26º BPM (Batalhão de Polícia Militar), major Mello Araújo, mandou um claro recado para a bandidagem: “deixem a criminalidade de lado e procurem uma profissão digna no caderno de empregos dos jornais”.

O recadaço faz parte do estilo direto do oficial, que coordena o policiamento ostensivo em oito cidades e não dá trégua aos criminosos. Vai botar pra quebrar após dois anos de efetivo trabalho na Secretaria de Segurança Pública, na capital.

“A Polícia Militar estará próxima da população, com o objetivo claro de aumentar a produtividade e diminuir a criminalidade”, declarou o homem destacado pelo governador Geral Alckmin –  que não brinca em serviço .

O foco são os furtos e roubos a veículos e homicídios. Tráfico de drogas também estará na mira do homem forte da PM, que, para tanto, vai investir em tecnologia, capacitação e treinamento dos policiais, ampliação das operações, valorização da tropa e a criação de um canal direto com os guaçuanos.

 “Vamos disponibilizar e-mail, redes sociais como facebook e contar com o apoio massivo dos meios de comunicação”. “A imprensa estará ao nosso lado e a PM estará em constante contato com jornais, rádios e revistas”.
 
A nova filosofia de atuação prevê, com certeza, o sufocamento das ações do crime e fazer dos pm’s verdadeiros agentes comunitários. O diálogo com a população será considerado imprescindível para o trabalho do policiamento.

“Os bons policiais serão valorizados devidamente, inclusive com bônus no tocante ao combate de tráfico, e ainda receberão medalhas em praça pública e ter galerias de fotos com destaque”, mencionou.

O lado institucional é outro alvo da missão do major. O oficial tem conversado com prefeitos para estabelecer uma sintonia fina dos o poder
Executivo e ouvir opiniões e propostas para o plano de atuação policial.

A reunião com o prefeito Walter Caveanha vai acontece em breve, nas próximas semana, e uma das novidades a ser apresentada é a atuação em conjunto  com o Executivo.

Os pm’s realizarão um relatório de nome RAIA, especificamente dos locais onde haja necessidades de serviços públicos.  “A intenção é notificar a prefeitura da falta de iluminação, de poda de árvore, de mato alto e buracos para que as localidades não se transformem em atrativos para o tráfico de drogas e a criminalidade em geral.

A intenção, com ações deste tipo, é propiciar maior sensação de segurança para a população e provocar a tomada do espaço público pelos guaçuanos

“Solicitaremos a instalação de mais câmeras e daremos ênfase na tecnologia”, declarou o major.

“A malandragem que se cuide”.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *