HÉLIO JÁ PROVOCA CALAFRIOS EM FALCÕES, CARDEAIS E COMISSIONADOS; E PODE CAUSAR DEBANDADA

Considerado um campeão de votos, o ex-prefeito Hélio Miachon Bueno, agora ficha limpa, pode concorrer nas próximas eleições municipais, se esta for a sua vontade.

As pendências que o impediram de concorrer nos últimos pleitos foram para as cucuias, e o ainda peemedebista – que pode ir para o PSDB – é considerado dos mais competitivos concorrentes ao cargo de prefeito.

Nesta condição, Hélio já provoca calafrios em falcões, cardeais e comissionados de todos os escalões da administração municipal.

Todos sabem da densidade eleitoral de Miachon Bueno, um político das antigas, que ainda faz aquela política arroz com feijão, com visitas em bares da periferia e tapinha nas costas.

“Mas que dá resultados”, confirma um agente político que vê todos os prováveis candidatos com a necessidade de comer muito feijão com tutano para encarar o ‘cascudo’ nas próximas eleições. “Não vou dizer que ele é imbatível, mas a força do Hélio é bastante grande. É como um Lula, mas só que em Mogi Guaçu”, compara.

Para um integrante da administração, o temor de Hélio concorrer existe. Mas, segundo o entrevistado, é preciso separar o que é realidade do mito. “Tenho plena certeza de que uma pessoa da força de um Caveanha, quatro vezes prefeito, que faz uma gestão de acerto financeiro, não deverá ficar com receio de suposições ou medos aparentes. Walter tem força, pode apostar nisso, saberá definir hora certa para agir”, comentou.

Outro interlocutor, e ste com trânsito livre da Câmara para o Paço Municipal, adverte que o pior cenário para o atual prefeito é se ocorrer uma debandada geral de apoio ao Hélio.

“Na política, o vento sempre assopra a favor do barco que tenha uma vela maior”, filosofa.

Por isso, ele propõe a Caveanha, e ao seu grupo, que vá para as ruas, que mostre a que veio e demonstre força para combater os supostos fantasmas. “Já vemos o Walter assinalando que está se preparando para a briga”.

O combate será grande – e sejam todos bem vindos ao passado.

Bira Mariano

Formado em Jornalismo pela Unaerp - Universidade de Ribeirão Preto, com módulos de pós-graduação em Jornalismo On Line pela Fundação Cásper Líbero. Trabalha na área desde 1995 e possui alguns sites, dentre eles o Jornalístico e o Animal e Companhia.

Seja o primeiro a comentar