GUAÇU VIRA REFERÊNCIA REGIONAL AO INVESTIR MAIS DO QUE O DOBRO EM SAÚDE

O município de Mogi Guaçu tornou-se referência regional ao dobrar acima do que manda a lei os investimentos na área de saúde. O aporte na saúde pública este ano subiram de 24,26% no primeiro quadrimestre para 33,42% no segundo, o que representa mais que o dobro do mínimo a aplicar por lei, que é de 15% da arrecadação do Município.

Foi o que comunicou a secretária Clara, da Saúde, em audiência realizada na Câmara Municipal.

Em receita própria e transferências federais e estaduais, a arrecadação prevista para todo o exercício de 2017 é de R$ 265.820.481,00 e desse montante devem ser reservados R$ 39.873.072,00 para a área da saúde.

No primeiro quadrimestre foram arrecadados R$ 94.680.040,00 e no segundo, R$ 85.251.040,00. Por lei, deveriam ser aplicados na área da saúde, respectivamente, R$ 14.202.006,00 e R$ 12.787.656,00, num total parcial de R$ 26.989.662,00.

No entanto, como nos quatro anos anteriores, para atender às demandas, a Prefeitura continua investimento no setor mais do que a lei determina. De janeiro a abril, foram aplicados R$ 22.970.694,00 (24,26%) e de maio a agosto, R$ 28.492.004,00 (33,42%).

Nas três esferas de governo – Municipal, Estadual e Federal -, os gastos nos primeiros oito meses de 2017 somam R$ 69.103.092,00, sendo R$ 32.344.240,00 no primeiro quadrimestre e R$ 36.758.852,00 no segundo.

O Governo Municipal contribui com a maior parte, R$ 51.462.698,00 no total, seguido do Governo Federal, que repassou R$ 16.824.520,00. Em recursos do Governo Estadual, foram investidos no período R$ 815.874,00.

Tomando como base a população estimada pelo IBGE em 2015, o Município de Mogi Guaçu fecha os dois quadrimestres com investimento per capita de R$ 62,42 na saúde pública.

Esses dados foram apresentados pela secretária de Saúde, Clara Alice Franco de Almeida Carvalho, nesta terça-feira, dia 31, em audiência pública de prestação de contas da Secretaria de Saúde do segundo quadrimestre, na Câmara Municipal.

O relatório detalhado de receitas, despesas, procedimentos e atendimentos de todas as unidades da Secretaria de Saúde, incluindo o Hospital Municipal “Dr. Tabajara Ramos” e repasses para a Santa Casa, está disponível no site da Prefeitura.

Bira Mariano

Formado em Jornalismo pela Unaerp - Universidade de Ribeirão Preto, com módulos de pós-graduação em Jornalismo On Line pela Fundação Cásper Líbero. Trabalha na área desde 1995 e possui alguns sites, dentre eles o Jornalístico e o Animal e Companhia.

Seja o primeiro a comentar