GUAÇU CAMINHA PARA 5 MIL CASOS DE DENGUE. ZONA NORTE VIVE INFESTAÇÃO DA DOENÇA

Mesmo com todas as ações de combate ao mosquito transmissor, Mogi Guaçu caminha para chegar aos 5 mil casos da doença. Relatório divulgado nesta quarta-feira pela Saúde e Vigilância Epidemiológica constata 3.289 casos positivos. Contudo, outras 3.518 pessoas aguardam resultados. Há suspeitas de 8 mortes.

Como já dava para notar nos relatórios anteriores, a Zona Norte, com os Ypês e região do Santa Terezinha e Fantinato, agora é alvo do Aedes. A infestação nos bairros destas localidades soma 1.654 casos.

Os bairros da Zona Sul apresentaram 1.278 casos positivos.

Com tantos doentes assim, houve rumores de que seriam instaladas tendas em alguns pontos da cidade para o atendimento aos ‘dengosos’, em especial na reidratação, mas foi prontamente descartado, conforme informou a Secretaria de Comunicação.

Segundo a nota, a administração está adequando espaços no CAM (Centro de Atendimento à Mulher), no Jardim Novo II, na UBS do Jardim Ypê II e no Centro de Saúde como unidades “Sentinelas” que funcionarão até às 22h para hidratação/tratamento destes pacientes de modo a atenuar a demanda nas unidades de atendimento a urgências e emergências (PPA e PS Municipal).

A Divisão de Limpeza Pública está fazendo a parte dela e recolhendo quantidades absurdas de lixo e outros resíduos que podem se transformar em criadouros.

O prefeito Walter Caveanha (PTB) também assinou contrato com empresa para a capina e a roçagem de áreas públicas e verdes. Os serviços devem começar nos próximos dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *