FUNCIONÁRIOS DENUNCIAM SALÁRIOS ATRASADOS NA BALANCINS

Funcionários da Fundição Balancins, empresa sediada perto da divisa com Estiva Gerbi, entraram em contato com o JG para denunciar o suposto atraso no pagamento de salários, dissídios, vales e benefícios.

A situação capenga desde dezembro do ano passado, e de acordo com os trabalhadores, a empresa estaria culpando a crise econômica nacional pela situação, mas é rechaçada.

Os trabalhadores também reclamam que o fundo de garantia não estaria sendo depositado e a suposta precarização das condições de trabalho no chão de fábrica.

“Também fomos ao Sindicato da categoria e não houve uma solução ideal”, garantiu uma das fontes do JG. “O vale que era para ser pago no dia 20, mas ainda não vimos sequer a cor do dinheiro e não há previsão de pagamento”, complementa.

Os trabalhadores não aceitam as alegações de que a crise é a culpada pelo ‘Deus me livre’ na empresa. “Trabalhamos em três turnos e a produção de auto-peças continua a mesma de antes da crise”, garantiu um trabalhador.

O JG ainda não conseguiu contato com a Balancins para falar sobre o assunto. O mesmo aconteceu com o sindicato da categoria. Assim que obtiver as respostas vai publicá-las.

Bira Mariano

Formado em Jornalismo pela Unaerp - Universidade de Ribeirão Preto, com módulos de pós-graduação em Jornalismo On Line pela Fundação Cásper Líbero. Trabalha na área desde 1995 e possui alguns sites, dentre eles o Jornalístico e o Animal e Companhia.

Seja o primeiro a comentar