FILIAÇÃO DE MARÇAL. TITÃS DA POLÍTICA. SALVADOR NA CÂMARA. NOVA PESQUISA PRA PREFEITO

O Solidariedade prepara toda pompa e circunstância para a filiação do vice-prefeito Marçal Georges Damião. O evento deverá contar com a presença do presidente nacional da legenda, Paulinho da Força Sindical, lideranças sindicais, metalúrgicos descontentes com Sindicato da categoria, dentre outros.

O encontro, segundo o apurado, será bastante concorrido, em especial com as presenças de pesos-pesados da política guaçuana. Marçal anda prestigiado.

Marçal, aliás, assim encerra as especulações de que iria para o PSDB, que, sob a batuta de Otília Papa, pretende formar um grupo daqueles com vistas às eleições de 2016.

Outro peso-pesado da política local, o vereador Luís Zanco da Farmácia, do Solidariedade, também foi flertado pelos tucanos para ingressar em suas fileiras. O líder da Zona Sul e da Vila Paraíso, agradeceu o convite, mas deverá continuar a militar SD.

E o PDT? Tem gente que anda dizendo que, do jeito que a legenda anda minguando, logo-logo vai assar.

Imagina só a liga que dá entre estes dois titãs da política guaçuana, PDT e PV? De um lado, um partido que gente que parecer gostar de pseudo denúncias. De outro, uma legenda que parece ser de uma pessoa só. Que tipo de união revolucionária pode legar para a história?

Gilmar Colla informou que foi sondado a ser vice de André Bueno, filho de Carlos Nelson, na campanha do ano que vem. Com todo o seu imenso cacife eleitoral, Colla deverá provocar uma baita de uma reviravolta na campanha eleitoral. “Candidato a vereador, pelo menos, devo concorrer”, confidenciou, mais humilde, no posto do Batata.

E por falar em Carlos Nelson, o ex-prefeito disse que não vai ser candidato a nada e não vê ninguém para apoiar.

Aí, uma língua ferina comentou a entrevista: “até papagaio fala. A história política informa que, quem nega antes do tempo, na verdade prepara terreno para concorrer na hora H”.

Há quem diga que André Bueno, filho de Carlos Nelson, é cogitado a ser vice de Marcão (PSD). E por falar em Marcão, a categoria dos taxistas, ou parte considerável, parece estar fechada com ele. Olho vivo, Morro do Ouro!

Sessão da Câmara de Vereadores retorna nesta segundona brava, após recesso parlamentar, a partir das 19h.

Os nobres edis, então, dão início à campanha à reeleição. Isto significa que os temas devem ser palpitantes. De um lado, o único opositor descendo a lenha apenas por descer. De outro, a bancada do amém aprovando tudo, sem questionar. Mas nem tudo está perdido. No Legislativo, há destaques, com alguns poucos pensando em fazer algo de bom pela população.

E o assunto da ampliação de 11 para 19 cadeiras no nosso Legislativo, vai ficar engavetado? Do jeito que a coisa está, com apenas 11 vagas, a Câmara fica parecendo um clubinho para poucos. É preciso ampliar a representatividade, pessoal.

Salvador Francelli, ainda secretário de Obras e Viação, deverá retornar logo para sua cadeira na Câmara – e nela assumir o posto de líder do governo Walter.

Novo levantamento sobre corrida a prefeito está sendo preparado por ELE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *