EXCLUSIVO: PREFEITURA CONFIRMA REFORMA DA UPA

Há dois anos desativada por conta de um temporal que destruiu o prédio onde atendia milhares de pacientes, no Santa Marta, na região dos Ypês, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Dr. José Augusto de Carvalho Neto, enfim, será reconstruída no primeiro semestre de 2016.

A confirmação veio da Prefeitura, que estimou em R$ 830 mil o valor estimado para a reforma do prédio que desabou em 7 de fevereiro de 2014. A licitação está para sair, sendo um esforço pessoal do prefeito Walter Caveanha (PTB).

Uma das prováveis fontes de custeio é oriunda da receita da venda de lotes comerciais do Jardim Ypê Amarelo, conforme Caveanha  informou em coletiva de imprensa, além dos recursos próprios da Prefeitura.

A situação não é fácil, já que os apelos da população se evidenciaram após a deflagração do movimento Upa Já, que arrefeceu. A UPA sempre foi tida como unidade de atendimento de excelência, e a Saúde municipal transferiu os serviços para outras unidades, como o PPA do Jardim Novo.

Segundo explicações da Secretaria de Comunicação Social, a questão do tempo se justifica pela necessidade de se investigar as causas dos danos através de laudos periciais e responsabilidades por meio de processos de sindicância e judicial.

Foram produzidos três laudos periciais que atestaram falhas na construção. O primeiro foi elaborado pela Polícia Científica de São Paulo, o segundo por um perito independente contratado pela Prefeitura e o terceiro, emitido no final do ano passado, por perito judicial – neste caso, a Prefeitura teve de pagar R$ 65 mil.

Ainda a Comunicação Social, a Prefeitura teve de aguardar autorização judicial para a remoção dos escombros.

“Como se não bastasse tudo isso, no escopo das investigações a atual administração constatou que o prédio fora construído em partes de duas áreas particulares, fato que exigiu a regularização do terreno”, expressou a nota.

Para o secretário de obras de Mogi Guaçu, Salvador Franceli Neto, a construção da UPA foi feita em um local que não pertence ao pode público municipal. E isto poderia gerar um problemão, caso a família quisesse a reintegração de posse do imóvel.

OUTRAS FONTES

Outras verbas podem auxiliar na reconstrução da UPA, mas não estão garantidas. É o caso da pleiteada pelo vereador Alex Tailândia (PRB), esteve em Brasília e protocolizou requerimento de verba de R$ 700 mil.

“Aproveitei o momento porque o próximo dia 3 de março é o prazo final para inserir estes pedidos no orçamento geral da União”, afirmou o republicano, que retornou ao Guaçu na noite desta quinta-feira. O pedido foi endereçado ao deputado federal Celso Russomano, principal liderança do PRB em nível nacional, Alex se encontrou, já como presidente do PRB guaçuano.

Questionado de porque só agora solicitar tais recursos – a poucos meses da eleição – Tailândia rechaça que esteja fazendo demagogia em pleno ano eleitoral.

“Fui a Brasília prevendo que poderia ser taxado disso, mas é uma função minha como agente político e público. Se eu critico, também tenho que procurar alternativas para ajudar. E toda verba que possa vir é sempre bem-vinda”, alegou.

ZANCO

O também vereador Luís Zanco, o Zanco da Farmácia (SD), líder da Zona Sul e da Vila Paraíso, também já pleiteou recursos para a mesma UPA.

Zanco tem se encontrado com moradores da região onde estão os escombros e se colocado à disposição de todos. Também mencionou que fez sua solicitação ao senador Aloysio Nunes, um dos cardeais do PSDB.

Outro peso pesado com quem já esteve foi o deputado Barros Munhoz, uma das principais lideranças tucanos do país.

“Independentemente de partidos e egos, o que eu procurei fazer foi dar minha contribuição para que a UPA voltasse a atender. Fui eleito pelo povo, mas minha atuação é por toda a cidade. E o que posso fazer eu o farei”, assinalou Zanco.


PPS

O presidente do PPS de Mogi Guaçu, Mario Antonio Zaia, também entrou nesta discussão e adiantou que o partido se coloca à disposição da Prefeitura, e a favor do município, para o que for necessário para reconstruir a UPA neste ano de 2016.

“Temos lideranças em nível nacional e estadual que estão a postos para trabalhar pelo Guaçu. O prefeito Walter sabe que pode contar conosco”, destacou Zaia, que foi fundamental para a instalação do Poupatempo no município.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *