DENGUE ULTRAPASSA OS 2,3 MIL CASOS. AGORA É GUERRA TOTAL AO MOSQUITO

Agora são 2.317 casos confirmados de dengue, segundo o último relatório divuilgado nesta quarta-feira. Outros 1795 pessoas aguardam exames. A doença está praticamente espalhada pela cidade inteira, com exceção da região centro-oeste, Chácaras Alvoras, Martinho prado e zona rural.

Para enfrentar a crise, a Saúde e a SSM deflagraram uma verdadeira tática de guerra.  Em operação realizada na tarde desta quarta-feira, dia 18, quatro imóveis foram vistoriados por equipe composta por servidores das secretarias de Saúde e de Serviços Municipais. Foram requisitados os serviços de um chaveiro para possibilitar o acesso ao interior das moradias.

O secretário Osvaldo Ozório, da SSM, comandou a operação, munido da liminar concedida pelo juiz da Segunda Vara Cível da Comarca, Sérgio Augusto Fochesato, que permite o acesso a imóveis fechados e desabitados.

O objetivo é verificar a existência de objetos ou situações que facilitem a proliferação do Aedes aegypti, transmissor da dengue. Um dos imóveis, uma casa há muito desocupada no bairro da Bela Vista, foram encontradas larvas do mosquito.

Além da retirada de amostras e do recolhimento dos objetos em que as larvas foram encontradas, foi feita também a aplicação de larvicida.

A casa possui uma piscina. O secretário Osvaldo Ozório vai localizar o proprietário do imóvel para providenciar o seu esvaziamento. Durante a vistoria da tarde desta quarta-feira, na impossibilidade de esvaziá-la de imediato, foi aplicado produto na água da piscina para inibir a deposição do ovo pela fêmea do mosquito.

No Jardim Centenário foram vistoriadas três moradias de uma mesma rua, contíguas. Em uma delas também foram encontradas larvas do Aedes aegypti. O procedimento foi semelhante ao que foi adotado na Bela Vista.

Ozório programou para esta quinta-feira a limpeza dos três imóveis do Jardim Centenário. Um deles é ocupado por moradores de rua. As condições internas são as piores possíveis, com acúmulo de todo tipo de material e forte mau cheiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *