CRIANÇAS EM PERIGO NA GARUPA DE MOTOS

01 - CRIANÇAS EM PERIGO NA GARUPA DE MOTOS

O velho jeitinho brasileiro tem colocado a vida de crianças em perigo. São meninos e meninas ensanduichados entre os pais, sem o capacete, transportados em condições absurdas de segurança.

Criancinhas de colo levadas de qualquer jeito, como se estivessem numa bandeja, ou pequenos com capacetes enormes segurando timidamente a cintura dos responsáveis, dentre outras barbaridades verificadas todos os dias pelas ruas da cidade.

As autoridades tentam punir quando se deparam com a maluquice, mas a maioria destas infrações à legislação de trânsito passa despercebida.

“Eu mesma presenciei duas crianças sendo transportadas em cima de uma moto sem segurança alguma. Uma delas era um bebê e a outra não usava capacete”, citou funcionária de uma auto-escola.

O responsável de um CFC-A (aulas teóricas e de legislação comentou que os alunos em formação recebem todas as informações do que pode e do que não pode no trânsito. “E, claro, o transporte correto de crianças em moto está incluído”, observa. “Mas as infrações são cometidas a toda hora”.

BARBARIDADE

Todos os dias pela manhã, H.M.G leva a pequena M, de 4 anos, para a escola. A menina se apronta, toma o café e pega o capacete bem maior que a sua cabecinha e se prepara para subir na moto CG da família. Ela agarra a cintura do pai e vai pensando que está tudo bem.

O pai toma todos os cuidados possíveis e da São Carlos sai em velocidade reduzida. Vai pelas beiradas da pista.

A menina magrinha, de mochila nas costas, mal consegue tocar a
pedaleira dos passageiros. Vai com as perninhas franzinas arcadas no ar.

Quem vê se assusta e não deixa de comentar sobre os perigos da pequena naquelas condições.

O pai reconhece que a filhota está em perigo e que alguma coisa pode acontecer, mas evita de pensar na imprudência.

“A gente sabe que é errado, mas é uma forma de economizar o dinheiro da van”,

One thought on “CRIANÇAS EM PERIGO NA GARUPA DE MOTOS

  1. Dulcimar de paula says:

    se sa casa ja foram entre as chaves quero saber a minha casa cm fica sou dificiente nao aguento mais pgar aluguel quero minha casa meu nome Dulcimar de paula data 27/09/2012 protocolo de inscrição habitacional cel 84887318 / 92946363

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *