CORPO DE BELLINI, CAPITÃO DA SELEÇÃO DE 1958, É VELADO EM ITAPIRA

O corpo do capitão da seleção brasileira de futebol na Copa de 1958, o itapirense Hideraldo Luiz Bellini, o Bellini, morto no começo da noite desta quinta-feira, está sendo velado no ginásio de esportes Itapirão, em Itapira. O sepultamento ocorre às 11h deste sábado, no Cemitério da Saudade.

O jogador estava internado no Hospital 9 de Julho, na capital, havia meses e morreu em consequência de complicações do Mal de Alzheimer. O cérebro do jogador foi doado pela família à USP para pesquisas científicas, e buscam saber se há relação entre cabeceadas e a doença que levou o zagueiro à morte. (veja texto nesta página)

O velório em São Paulo foi realizado no salão nobre do estádio do Morumbi, sendo que o corpo foi trasladado pelo serviço funerário da Prefeitura paulistana a partir das 16h.


O corpo chegou em Itapira às 20h30 e foi recepcionado pelo prefeito José Natalino Paganini (PSDB), por familiares do jogador, como o ex-prefeito Toninho Bellini, sobrinho do zagueiro famoso, e admiradores. Assim que adentrou ao Itapirão, foi recebido por uma salva de palmas de aproximadamente três minutos.


Paganini decretou luto oficial de três dias pela morte do filho ilustre de Itapira e o féretro sairá em direção ao Cemitério da Saudade. “Estou profundamente consternado com a morte deste grande nome do nosso esporte e me irmano à dor com família deste ícone itapirense, brasileiro e mundial”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *