CORINTHIANOS AGORA TERÃO PARTIDO POLÍTICO

Depois do time do futebol e da escola de samba, a Fiel torcida poderá votar em breve nos candidatos filiados ao Partido Nacional Corinthiano. É isso mesmo. O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) aprovou no dia 17 o registro estadual do PNC.

A aprovação estadual é uma das etapas que o futuro partido deve cumprir para obter o registro em âmbito nacional, sendo que,  até agora foram cumpridos os requisitos exigidos na legislação eleitoral em relação à documentação necessária, com assinatura 24.710 eleitores no estado de SP.

Trata-se de uma vitória dos corinthianos que, em setembro de 2015, haviam amargado uma derrota por unanimidade no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em relação ao pedido de registro.
Mas não se tratava de uma perseguição dos juízes de toga. O caso é que os ministros verificaram que os postulantes da legenda não apresentaram a documentação necessária para a oficialização do partido que está saindo do forno.

A ideia de a Fiel contar com o Partido Nacional Corinthiano começou a ser formulada em agosto de 2014, sendo que a legenda é definida como um “movimento de cidadãos, e não de políticos profissionais ou homens de aparelho”. Então tá.

O pintor Achiles Pereira Pinto é dos corinthianos roxos de Itapira, cidade que o Timão possui uma torcida imensa. Ele gostou da criação do novo partido e acredita que a legenda tem tudo para dar certo, em especial porque deve atender as aspirações populares.

No entanto, Pinto tem uma dúvida se o PNC, caso consiga o registro em âmbito nacional, se os torcedores dos demais times irão votar nos candidatos corinthianos. “Acho que de início haverá uma certa rivalidade, mas eu aprovo a criação da legenda”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *