COM 16 MORTES, GUAÇU TEM O 11º TRÂNSITO QUE MAIS MATA EM SP

Divulgados mensalmente desde fevereiro pelo Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, o município de Mogi Guaçu ficou em 11º lugar no ranking das cidades que mais mataram no trânsito no primeiro semestre de 2016 no Estado de São Paulo.

Foram 16 mortes por 100 mil habitantes até o último mês de julho, de acordo com os dados do Movimento, que é uma iniciativa lançada há um ano pelo governo de SP com apoio de empresas privadas.

Botucatu, com 41 homicídios dolosos por decorrência de acidentes de trânsito, lidera o ranking. Os números de Mogi Guaçu contrastam em comparação a todo o território paulista, em que o número de mortes no trânsito caiu 8% na comparação com o mesmo período de 2015 – a meta é reduzir em 50% até 2020.

Logo atrás de Botucatu no ranking por 100 mil habitantes aparecem Barretos (29,5 mortes), Franco da Rocha (28,1) e Jacareí (27,2), todas com taxas de mortalidade no trânsito duas vezes maiores do que a média do Estado (13,7).

Em número total de óbitos, a capital lidera o ranking com 476 registros, 20,5% a menos do que no primeiro semestre de 2015, quando foram 599 mortes. Na sequência aparecem as outras principais cidades do Estado: Campinas, com 89 óbitos, e Guarulhos, com 71.

Com 150 mil habitantes, o Guaçu possui uma frota de 101 mil veículos, dentre eles carros de passeio, motos e motonetas, caminhões e camionetes, ônibus e micro-ônibus.

A reportagem ainda não conseguiu entrevistar o responsável pelo tráfego da Secretaria de Obras e Viação (SOV) para repercutir os dados divulgados pelo Movimento Paulista de Segurança no Trânsito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *