CAMARA CASSA O MANDATO DO VICE PREFEITO DE ITAPIRA

O político Dado Boretti (PC do B) foi cassado do cargo de vice-prefeito de Itapira na noite de ontem (02). A sessão de julgamento – realizada sem a participação da imprensa e da população – aconteceu após a conclusão dos trabalhos da Comissão Processante, que acatou parecer favorável do seu relator, Luiz Machado (PTC), pela cassação.

A sessão durou aproximadamente 12 horas e exarou um resultado que era esperado. Com isto, além de perder o mandato, Boretti fica impedido de disputar eleições por oito anos.

Votaram a favor pela cassação 7 dos 10 vereadores, todos ligados à situação. Os três votos contrários são de parlamentares correligionários do ex-prefeito Toninho Bellini (PSD), que também está inelegível por reprovação de contas públicas.

Vale lembrar, contudo, que a Comissão Processante esteve embasada por uma sindicância interna do Saae, que revelou rombo de R$ 2 milhões do qual Dado seria um dos pivôs, assim como outros borogodós relacionados à folhas de cheques.

A cassação, para ser validada, precisa ter sua decisão publicada por meio de decreto no Jornal Oficial de Itapira, o que vai ocorrer nos próximos dias.

Boretti informou que vai recorrer judicialmente contra a decisão, que considera estritamente política. Caso venha a reaver o mandato, promete ingressar na Justiça – por danos morais – contra todos os vereadores que lhe cassaram os direitos políticos e o cargo para qual foi eleito em 2012.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *