BATE REBATE: GALO PROMETE CONVERSA AO PÉ D’OUVIDO COM SUB DO SUB DO SUB-SECRETÁRIO

A coisa pegou. A ilação (ou será maldade?) de que Galo não seria visto trampando na Secretaria de Esportes (quando nomeado), tampouco em sua barraca na feira, pode render. Galo teria dito para ‘alguéns’ que apara as esporas e que, assim que puder, terá uma conversa ao pé d’ouvido com o sub do sub do sub-secretário, autor da funesta declaração.

NÃO QUER CALAR – A pergunta que se faz é: quando o sub do sub do sub profere suas pérolas, no face, o faz em nome próprio ou da administração? “Pela insensatez, com certeza, é por ele mesmo”, tascou aquela fonte de dentro do poder. “Daqui a pouco, nem o padrinho dele aguenta mais”.

FEDENTINA – a coisa não andaria bem pelas bandas do Sindicato dos Metalúrgicos, agora na versão CUT. Boatos cada vez mais realísticos comentam, já nem a tão boca pequena assim, que o brigueiro entre a companheirada come solto e que as finanças estariam meio degringoladas. Fontes que conversaram com o presidente Português comentaram que ele desmente tudinho, mas, entretanto, todavia: onde há fumaça, com certeza, pode haver fogo.

VOLTA – diante de todo o suposto furdunço sindical metal do momento, o movimento ‘Volta, Marçal’, ganha força. Ainda mais que, ainda de acordo com os rumores, o ex-presidente teria deixado aproximadamente R$ 1 milhão em caixa, mas os pagamentos atuais estariam atrasados; num destes claros paradoxos contábeis da vida. Será?

COMEÇOU – a campanha eleitoral dos candidatos a deputado já começou no Guaçu. Tíbia, é certo, mas começou. Jingles e rostos estampados em propaganda sãos vistos aqui e acolá. Todos prometem o melhor trabalho pelo município, contudo, os eleitores esperam é mesmo por propostas.

ZAIA – o prefeito Walter Caveanha recebe, nesta terça-feira às 10h, o deputado estadual Davi Zaia, candidato à reeleição. Participam da recepção secretários, diretores e vereadores, além do superintendente do Samae, Elias Fernandes de Carvalho, e o seu diretor de obras, Mário Antonio Zaia, primo do deputado que até então era secretário estadual de Gestão Pública, que deixou o cargo para concorrer nas eleições 2014.

LEMBRANDO – vale lembrar que Davi Zaia (juntamente com o seu primo) foi um dos principais responsáveis, senão o maior, pela vinda do Poupatempo para o Guaçu – uma das maiores conquistas da gestão Caveanha. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *