ALMOÇO COM TUTU DE FEIJÃO VIRA BRIGAIADA EM FAMÍIA NO CHAPARRAL

Tudo parecia como de costume. A mãe fez aquele feijão com linguiça com farinha de mandioca, reuniu a família composta pelos dois filho e o pai para comemorar o aniversário de 50 anos, na noite do último sábado, dia 5, mas alguma coisa saiu do script.

 A casa da rua Gergino Benedito virou um pandemônio após meia hora do repasto servido. Um dos filhos, Silvio, 19, chegou embriagado e na mesa da refeição declarou que o irmão Roberto Carlos, 21, era corno. Isso mesmo: corno!

“É isto mesmo, você é corno”, afirmou no auê maior da confusão.

“Prova que eu sou corno, seu fdp, desgraçado”, retrucou Roberto, com a jugular estendida de tanta raiva.

“Deixa disso”, tentou contemporizar o pai, Antonio, sem muita força na voz.

“É corno sim, pai. Ele é corno. Eu transei com a namorada dele ontem”, teria confirmando Roberto Carlos, estufando o peito.

Após da declaração bombástica, moradores próximos da residência, teriam ouvido xingamentos e barulhos de luta corporal e garrafas quebradas.

Dona Marilda, a aniversariante, gritou por socorro e pelo amor de Deus que parassem com aquilo.

De repente, vizinhos que já estavam preocupados, viram Silvio correndo pela rua. Atrás dele, até o meio do quarteirão, estava Roberto Carlos com uma faca em mãos.

“Corre seu viaaaadoooo”, gritou.

De acordo com o apurado, logo depois te toda a mixórdia, a paz teria retornado ao lar. Mas não se sabe se o tutu de dona Marilda desandou de vez.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *