ÁGUA: NOVA ADUTORA DO SAMAE PREVÊ ABASTECER O GUAÇU POR MAIS DE 30 ANOS

Mais de 1,4 mil metros de tubulação com diâmetro de 1 metro vão levar água bruta desde a nova adutora do Samae, na barragem da Cachoeira, à captação no Limeiro, no Nova Guaçu. A água vai chegar por gravidade e economizar até mesmo eletricidade.

Com isto, vai garantir o abastecimento de água boa, após tratamento, por mais de 30 anos para a população de Mogi Guaçu.

A notícia é mais do que boa, em especial neste período de estiagem braba, quando o volume de captação do rio Mogi Guaçu baixou de 35 metros cúbicos, em 22 de janeiro, para 6 metros cúbicos no último di 22 de setembro. 

As obras serão finalizadas entre janeiro e fevereiro, segundo estimou o superintendente do Samae, Elias Fernandes de Carvalho.

“Faltam apenas 800 metros para concluir a parte referente à tubulação”, confirmou Elias. “Enquanto outras autarquias de diversas cidades, e até mesmo a Sabesp, encontram dificuldades para abastecer suas respectivas regiões, o Samae está investindo em soluções para não faltar água no nosso município”, mencionou.

O custo total da obra é de aproximadamente R$ 14 milhões, sendo R$ 8 milhões do governo Dilma Roussef (PT) e R$ 6 milhões próprios do Samae.

Elias confirmou que a nova adutora deve mais do que dobrar a capacidade de oferta de água tratada, hoje em 600 metros cúbicos por segundo. “Calculamos que a obra vai garantir água por mais três décadas à frente”, cita.

Outra boa notícia do Samae, é que a licitação das obras de ampliação da capacidade da ETA do Jardim Bela Vista está em fase de conclusão. A ordem de serviço acontece nos próximos meses.

“Também é novidade em termos de saneamento é a estação de tratamento de esgoto do Córrego dos Ypês, na zona norte, orçada em R$ 24 milhões”, citou. “As obras vão começar”, garante o superintendente do Samae.

Em relação a este valor, vale lembrar que R$ 15 milhões vieram do governo da presidente Dilma Roussef (PT), R$ 4 milhões são oriundos de financiamento, e R$ 5 milhões é do ‘bolso’ do próprio Samae.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *