2014: MOGI GUAÇU TERÁ VERGONHA NA CARA?

O ano de 2014 já está posto e mais uma vez temos eleições. Desta vez  consideradas gerais, para presidente, senador, deputados (estadual e federal) e governador.

E mais uma vez a nossa querida Mogi Guaçu se debate acerca da importância ou não do de possuirmos representantes na Câmara dos Deputados, em Brasília, ou na Assembléia Legislativa, na Capital.

Do jeito que a estrutura partidária e de governança está colocada no Brasil, é lógico que a presença de um deputado que leve adiante os pleitos do município faz toda diferença, embora a sociedade civil organizada tenha mais força e possa fazer ainda mais e de melhor qualidade.

Contudo, e infelizmente, a vida partidária está afeita à mediocridade do parlamento em todos os níveis, salvo raras exceções.

Quem quiser ver um festival de baboseiras basta ir à Câmara Municipal para ver quem puxa mais sardinha para si, em clara falta de perspectiva de mudanças efetivas da vida social a partir do Legislativo coadunado ao Executivo.

Porém, como toda regra tem suas exceções, é possível fazer do limão uma limonada e escolher dentre os candidatos a deputado pelo Guaçu algum que possa bem nos representar. O município possui poucos representantes deste naipe.

Temos que acabar de uma vez por todas quem disputa para catapultar outros cargos, o mais notório de vereador e quiçá o de prefeito.  Estes são os treineiros e estão detonando o município apenas pelos interesses próprios e merecem a devida descarga na latrina.

Mas há outros candidatos que podem fazer diferença. O JG defende a ampla divulgação de propostas e o amplo debate, mas defende quem tem solidariedade para com os trabalhadores, todos os guaçuanos, e não de candidaturas forjadas na cervejadas e churrascadas.

Desta forma, o seu voto poderá sair chamuscado pelo carvão da história (torta).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *